Terça-feira, 25 de Abril de 2006
cravos.jpg

Faz hoje 32 anos da revolução dos cravos, data que oficialmente retrata o fim do regime ditatorial. A questão que devemos reflectir é o que mudou no nosso país nestes últimos 32 anos, é óbvio que a nível nacional muito foi aquilo que mudou, quase que não podendo estabelecer comparação, mas quando analisamos a nível municipal e da nossa freguesia essas diferenças esbatem-se.

Santa Cristina do Couto em 32 anos conseguiu :

1 sede de freguesia
1 aumento do cemitério paroquial
1 ringue desportivo
1 Igreja Nova (realizada pela paróquia e não pelo poder político)
1 Centro de Dia (com uma participação com menos de 25% do poder político e restante pela população)-
A pavimentação boa ou menos boa de cerca de 90% dos caminhos da freguesia.

Não conseguiu até esta data ou ainda não está em funcionamento:

Uma rede de água a totalidade da população (após tb 20 anos de adesão a União Europeia).
Uma rede de saneamento básico (após tb 20 anos de adesão a União Europeia).
Uma area de lazer do tipo parque.

Sem dúvida foi muito pouco para uma freguesia da nossa dimensão, no qual o poder politico se acomoda devido a relação de fidelidade eleitoral dos seus residentes.

Quando compararmos com os municipios vizinhos, freguesias de idêntica dimensão ou até inferiores em termos populacionais já conseguiram:

Pavilhões Muncipais como Avioso (Santa Maria ) Maia 3360 habitantes (Santa Cristina 3982 habitantes), Institutos de Ensino Superior como a referida anteriormente, Redes de Agua e Saneamento como a freguesia de Antas (Vila Nova de Famalicão) para não falar em dezenas de freguesias de concelhos vizinhos que já conseguiram muito mais.

A revolução e os ideais e o seu futuro dependem dos respectivos habitantes.



publicado por Amigisc às 11:37 | link do post | comentar

Quinta-feira, 20 de Abril de 2006
No Jornal de Santo Thyrso de 14 de Abril vêm um excelente artigo do jornalista/Advogado Pedro Fonseca acerca da realidade Tirsense e a sua importância entre os Munícipios mais ricos de Portugal.
Segundo o estudo da Marktest os 10 Municipios com mais poder de compra são:

1-Lisboa
2-Porto
3-Sintra
4-Oeiras
5-Gaia
6-Loures
7-Cascais
8-Almada
9-Matosinhos
10-Coimbra

Nestes munícipios predominam as Grandes Areas Metropolitanas de Lisboa(6 municipios) e Porto(3 municipios) sendo que nós pertencemos recentemente a esta última pelo menos no papel.

Se alargarmos este grupo aos 25 com mais poder de compra, podemos encontrar os nossos "compadres" da Grande Area Metropolitana do Porto , Gondomar (16º), Maia (19º) e Santa Maria da Feira (20º), também encontramos os nossos vizinhos Guimarães (15º) e Vila Nova de Famalicão (23º). Nós ocupamos o 46º Lugar...

O objectivo da sociedade sejam as entidades públicas e privadas do municipio devem pois trabalhar no conjunto de inverter tal situação de colapso económico e social do nosso concelho, além desta posição somos um dos concelhos com mais desemprego um dos mais atrasados e pobres da Grande Area Metropolitana do Porto.
O nosso modelo industrial concelhio assente nas baixas qualificações e baixos salários chegou ao fim do ciclo, o nosso projecto de municipio com vários pólos urbanos individuais ao contrário de um forte também colapsou, é altura de tentarmos criar mais riqueza, tentando recuperar o tempo perdido no campo do básico, como as infra-estruturas básicas, a criação de escolas de qualificação profissional, o ajudar as familias mais carenciadas para evitar o abandono escolar precoce além da oferta de mais formação para essas pessoas, a aposta numa industria de qualidade e não de exploração aonde no recente cenário de globalização já não podemos competir com paises como a Europa de Leste , a India e a China, a aposta em novas tecnologias e pois fundamental.
É pois altura de Santo Tirso se erguer e abraçar todas as suas freguesias e criar um projecto que não olhe apenas para um centro de 3 ou 4 km2 e passe a ter uma mentalidade aonde o bem e o desenvolvimento de todos é um bem comun, aonde se diferencie pela capacidade das populações e não seja recordado com um concelho aonde o têxtil no passado foi grande e hoje não é nada mais que uma terra moribunda.

Acredito que ainda é possível mudar.



publicado por Amigisc às 23:32 | link do post | comentar

Terça-feira, 18 de Abril de 2006
17-04-06_2205.jpg

Já estamos melhor preparados para o Verão, já temos um frigorífico, que um residente da nossa freguesia nos deu, dado que assim têm melhor uso que ser recolhido pelos serviços camarários, ainda para mais funciona.


publicado por Amigisc às 20:40 | link do post | comentar

Terça-feira, 4 de Abril de 2006
O Norte do País terá de investir, até 2013, mais de um bilião de euros no abastecimento público de água e no saneamento de águas residuais. O presidente da empresas Águas de Portugal, Pedro Serra, afirmou, ontem, na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, que os investimentos feitos entre 2000 e 2006 "não surtiram efeito". Nos próximos sete anos deverão investidos mais de três biliões de euros em todo o país.

O esforço, no entanto, não deverá evitar um procedimento da Comissão Europeia, que levará ao pagamento de multas e, inclusivamente, à perda de fundos comunitários.

"Ultrapassámos todos os prazos previstos para esta área e o país irá, seguramente, ser punido. Aliás, quando apresentarmos novos projectos para estas áreas, nomeadamente para o saneamento básico, a Comissão Europeia poderá argumentar que o problema já deveria estar resolvido e o país poderá perder alguns biliões de euros de ajudas", afirmou Pedro Serra, na apresentação do Plano Estratégico de Abastecimento de Água e Saneamento de Águas Residuais (PEAASAR II).

Tarifário a rever

Na verdade, mais de 20% dos portugueses continua sem tratamento de águas residuais. De acordo com as estimativas apresentadas naquele documento, o grosso dos investimento terá de ser feito no Norte do país. Para o abastecimento de água prevê-se um investimento de 384 milhões de euros, e para o saneamento de águas residuais de 654 milhões.

De qualquer modo, Pedro Serra sublinhou ser necessário rever o tarifário da água e citou o exemplo do Sistema Multimunicipal do Minho-Lima, onde as autarquias cobram aos munícipes 63 cêntimos por metro cúbico.

"As câmaras pagam à entidade fornecedora 50 cêntimos por metro cúbico de água, restando 13 cêntimos para suportar os custos do serviço, o que é insuficiente. Além de que as perdas, numa perspectiva optimista, se devem cifrar nos 30%", disse.

No entanto, está prevista a criação de um Fundo de Equilíbrio Tarifário, que garantirá uma maior equidade nas tarifas praticadas ao consumidor, aumentando a solidariedade regional.

In Jornal de Notícias 04-04-2006

A questão que se coloca é o que se andou a fazer neste últimos 20 anos, será que foi a mentalidade "Tuga" do que está debaixo da terra não dá votos, e agora descobriu que essas infra-estruturas são vitais para o desenvolvimento sustentado, isto porque em Santa Cristina do Couto à pouco menos de 6 anos ainda se mandavam pavimentar estradas sem as equipar com infra-estruturas básicas como o saneamento básico e a água.
Santa Cristina do Couto é um caso exemplar desse "esquecimento" dado que só no próximo ano poderá usufruir de tais infra-estruturas básicas e nem assim na plenitude da sua população, algo absurdo para uma freguesia colada a uma sede de concelho em que as pessoas só passaram a ser "gente" desde que a mesma foi incluída no plano de expansão da cidade.


publicado por Amigisc às 20:51 | link do post | comentar

Domingo, 2 de Abril de 2006

Foi no dia 02 de Abril o passeio organizado pela Associação que começou na sede da mesma e terminou no Monte Padrão, a adesão foi claramente acima das expectativas e comprovou-se a enorme adesão dos Cristinenses a essa actividade saudável que é o caminhar.

 

caminhantes1.jpg



publicado por Amigisc às 22:00 | link do post | comentar

tags

clube dos caminhantes

passeio/convívio

convivio associação

actividades associação

todas as tags

links
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


posts recentes

Ver todas as fotos das ca...

Sardinhada 2011

Passeio a Alcobaça 2011

Caminhada Parque Avioso 2...

Caminhada Assunção 2011

Caminhada S. Gonçalo 2011

Caminhada Rebordões 2010

Caminhada junto à auto-es...

Caminhada S. Martinho 201...

Caminhada Abraço a Santa ...

arquivos

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Junho 2009

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

subscrever feeds